Os seis Pilares Educacionais

Para facilitar a compreensão e aplicação do método, Maria Montessori o estruturou em 6 pilares

 

1  –  Autoeducação

Por a criança ter a capacidade inata para aprender. Por esta desejar absorver todo o mundo à sua volta e compreendê-lo, é-lhe dada a possibilidade de ele o explorar, investigar e pesquisar por si.

 

2  –  Educação como ciência

Utilizado o método científico de observações, hipóteses e teorias para entender a melhor forma de ensinar cada criança e para verificar a eficácia de seu trabalho no dia a dia.

 

3  –  Educação Cósmica

Levar o conhecimento à criança de forma organizada – cosmos, para esta pedagogia, significa ordem, em oposição a caos -, estimulando sua imaginação e evidenciando que tudo no universo tem sua tarefa e que o ser humano deve ser consciente de seu papel na manutenção e melhora do mundo.

 

4  –  Ambiente Preparado

Mobília de tamanho adequado e materiais de desenvolvimento para a livre utilização da criança.

 

5  –  Adulto Preparado

Com o objectivo de guiar a criança em seu desabrochar, de forma que este se dê nas melhores condições possíveis.

 

6  –  Criança Equilibrada

Dar espaço ao desenvolvimento natural da mesma para esta expressar as características que lhe são inatas, nomeadamente o amor pelo silêncio, pelo trabalho e pela ordem.

 

Para que tenhamos resultados é preciso que esses pilares sejam vividos em união na nossa família. Os maiores resultados que espera-se da aplicação conjunta desses pilares é uma criança plena, equilibrada e feliz.